Cid Torquato, CEO do ICOM, fala da importância de se investir em pesquisa em artigo na Folha de S.Paulo

Cid Torquato, presidente do ICOM, em artigo na Folha de S.Paulo afirma: Defendemos a criação do 18º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, qual seja "Acessibilidade para Todos!"

Clique aqui para acessar o artigo na Folha de S.Paulo ou leia abaixo trechos que destacamos aqui

“Temos que garantir investimentos em pesquisa e desenvolvimento de tecnologias assistivas, na forma de produtos, equipamentos, dispositivos, recursos, metodologias, estratégias e serviços que objetivem promover o protagonismo da pessoa com deficiência, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social”, destaca o artigo, assinado também pela jornalista Ciça Cordeiro.

Ainda segundo o artigo, estamos vivendo um processo de valorização da diversidade humana de forma nunca vista, trazendo novos horizontes e perspectivas para vários grupos de direitos. Um “mundo novo” se abre para essas pessoas, mais acessível, diverso e inclusivo.

Nesse contexto, aborda o artigo, encontramos uma relação intrínseca entre acessibilidade e sustentabilidade, inclusive quando nos conscientizamos de que a deficiência, permanente ou temporária, é inerente à vida humana, provocada não somente por causas externas, como violência e acidentes, mas também pelo próprio envelhecimento natural, que limita nossas capacidades sensoriais e motoras. Temos que encarar deficiência sob outras óticas, dando o devido valor à acessibilidade ao longo da vida.

Acessibilidade é fundamental para a estruturação de sociedades realmente sustentáveis. Em 2012, o então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em mensagem para o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência —celebrado nesta sexta-feira (3)—, disse que a “acessibilidade é crítica para que seja conseguido o futuro que queremos”. Ou seja, acessibilidade, inclusão, diversidade e sustentabilidade são conceitos essencialmente interligados e interdependentes, sem os quais não venceremos os desafios humanos e ambientais que colocam em xeque o futuro do planeta.

Por isso, diz o artigo, é preciso promover acesso e acessibilidade à informação, à comunicação, aos sistemas de tecnologia, a serviços e instalações públicas ou privadas, ao lazer, ao trabalho, à saúde e à educação, com segurança e autonomia, o que beneficiaria a todos, sem exceção.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Skip to content
Close Bitnami banner
Bitnami